Alagoano que era soldado em SE é assassinado por sargento em Monte Alegre

O alagoano Cristyano Rondynelli Gomes Melo, de 34 anos, que era soldado da Polícia Militar de Sergipe, foi assassinado, na noite deste sábado (19), em Monte Alegre, Sertão sergipano. Natural de Santana do Ipanema, o soldado teria sido morto a tiros por um companheiro de farda, identicado como sargento Matias.

As informações iniciais repassadas pela Polícia Militar de Sergipe dão conta de que ambos (o soldado e o sargento) estavam de folga, haviam saído de carro, discutiram, o sargento sacou sua arma e atirou contra o soldado, que morreu antes que pudesse ser socorrido.
O corpo de Cristyano Rondynelli foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e será liberado para sepultamento neste domingo (20).

Já o sargento acabou preso em flagrante por outros policiais militares e conduzido à Corregedoria da Polícia Militar, onde foi ouvido e, em seguida, levado para o Presídio Militar, onde ficará à disposição da justiça.

Nota de pesar

A Polícia Militar de Sergipe emitiu uma nota de pesar informando que o soldado Rondynelli ingressou na Corporação em 2015 e durante cinco anos cumpriu o seu dever como policial militar e defensor da sociedade. Atualmente ele estava lotado no 7º Batalhão.

O santanense morava atualmente na cidade de Piranhas e deixa esposa e dois filhos. Segundo a assessoria da PM-SE seu sepultamento está previsto para ocorrer às 9h desta segunda-feira (21) em Santana do Ipanema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *