Coronavírus: Governador anuncia suspensão de eventos e impede viagens de servidores ao exterior

Com a pandemia do novo coronavírus, o Governo de Alagoas anunciou algumas medidas que serão tomadas para evitar a propagação do Covid-19.

De acordo com a nota, emitida à imprensa nesta segunda-feira, 16, eventos com público acima de 500 pessoas, eventos de inauguração de obras e assinatura de ordens de serviços estão todos suspensos. Além disso, foi instituído o teletrabalho para os servidores públicos com mais de 60 anos uma vez que é o grupo com maior risco de morte de Covid-19.

Já os servidores que estiveram no exterior recentemente irão ficar de quarentena. “Vamos recomendar que a iniciativa privada faça o mesmo, se puder, e os municípios também”, disse o governador Renan Filho.

A partir de agora, os servidores estaduais serão impedidos de viajar ao exterior e para viajar em território nacional vão precisar de autorização expressa do Gabinete Civil. “E será uma viagem checada, com nível de prioridade máximo, porque nosso intuito é fechar as barreiras. Vamos impedir o contato com estados que têm surto evoluído”, explicou o governador.

O Governo recomendou ainda que a iniciativa privada e as prefeituras alagoanas sigam as mesmas diretrizes.

Para evitar a aglomeração de pessoas, os jogos de futebol acontecerão sem público ou serão suspensos por um período. Todos os cruzeiros marítimos que passariam por Alagoas foram restringidos. “Vamos suspender todos os eventos com mais de 500 pessoas, inclusive shows, eventos religiosos e dos setores produtivos, tudo isso para que o pico da pandemia em Alagoas não seja elevado ao ponto de criar dificuldades extremas para o nosso povo e para o sistema de saúde pública”, antecipou Renan Filho à imprensa.

Testes Covid-19

Com o objetivo de obter resultados mais rápidos, a  Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) irá solicitar ao Ministério da Saúde a realização de testes para o vírus em Alagoas. As medidas – que foram definidas durante reunião do Gabinete de Crise da Situação de Emergência (GCSE), no início da manhã desta segunda-feira (16) – serão oficializadas por meio de decretos.

Álcool em gel mais barato

Na tentativa de baixar o preço do álcool em gel, que subiu devido a grande demanda, o Governo de Alagoas anunciou que o  Estado editará um decreto para desonerar álcool em gel e máscaras cirúrgicas de impostos, para que sejam vendidos por preços mais baixos à população. O Procon Alagoas fiscalizará a execução dos valores dos produtos nas lojas.

Suspensão de aulas
Embora algumas escolas particulares tenham anunciado a suspensão das aulas por uma semana, a medida ainda estão sob a análise do Estado. “Como Alagoas ainda não tem o contágio local, ainda estamos avaliando. Mas agora me reúno novamente com o Gabinete de Crise e oficializaremos essas medidas ao longo do dia”, afirmou Renan Filho.

Bancos

Os bancos seguem discutindo medidas para amenizar os efeitos negativos da pandemia do Coronavírus. Os bancos pretendem prorrogar por 60 dias

A Federação Brasileira de Bancos – FEBRABAN – e seus bancos associados, sensíveis ao momento de preocupação dos brasileiros com a doença provocada pelo novo Coronavírus, vêm discutindo propostas para amenizar os efeitos negativos dessa pandemia no emprego e na renda. Entendem que se trata de um choque profundo, mas de natureza essencialmente transitória.

Os bancos estão engajados em continuar colaborando com o País com medidas de estímulo à economia. Nesse sentido, os cinco maiores bancos associados, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco e Santander estão abertos e comprometidos em atender pedidos de prorrogação, por 60 dias, dos vencimentos de dívidas de Clientes Pessoas Físicas e Micro e Pequenas empresas para os contratos vigentes em dia e limitados aos valores já utilizados. 

A Rede Bancária e seus canais de atendimento ficarão à disposição do público e prontos para apoiar todos os que estejam enfrentando dificuldades momentâneas em função do atual contexto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *