CSA e CRB disputam mais uma final de Alagoano nesta 4ª; veja curiosidades

Clássico acontecerá no Estádio Rei Pelé, sem a presença da torcida, devido aos protocolos de segurança por conta da pandemia.

CSA e CRB realizam na noite desta quarta-feira (5) mais uma final do Campeonato Alagoano. A partida está marcada para às 21h e não poderia ter outro palco, senão o Estádio Rei Pelé, em Maceió. O jogo será transmitido pela FAF TV e pela Band Maceió.

Para os fiéis torcedores dos dois clubes, o site Alagoas na Net decidiu listar abaixo algumas curiosidades desse tradicional confronto alagoano. Desde a primeira partida, passando pelo jogo mais polêmico, até a marca de qual foi o time mais vitorioso.

Primeiro derby

O primeiro clássico entre o Azulão e o Galo aconteceu em 1916, no campo da Praça Jonas Montenegro, hoje conhecida como Praça Centenário. De lá para cá, a rivalidade só cresceu, rendendo alegrias, choro, gozação e também muita polêmica.

Partida mais polêmica

Um das confusões mais conhecidas desse derby se deu no ano de 1975. O CSA jogava por um empate por ter feito a melhor campanha na primeira fase, enquanto ao time praiano, só valia a vitória.

O clássico ficou marcado por erros da arbitragem em favor do Azulão, um deles foram as expulsões de dois jogadores do CRB, com a justificativa de que ambos estariam provocando a torcida rival.

Outro ato ainda mais polêmico foi a marcação de um pênalti aos 40 minutos do segundo tempo, em favor do Time do Mutange, o que seria suficiente para garantia do caneco.

Mas se isso não fosse suficiente, o árbitro ainda acabou a partida no exato momento em que Leandro Pezão driblou o goleiro adversário e marcaria o gol da vitória regatiana.

Jogo de vários nomes

O clássico entre CRB e CSA já ganhou vários epítetos, como Clássico do Spray, do Rebaixamento, das Cadeiras, da Torcida Única e agora, por causa da pandemia da Covid-19, do Clássico dos Sem Torcidas.

Estatísticas

CSA e CRB já se enfrentaram 502 vezes, com 191 vitórias e 618 gols para o Galo, e 152 vitórias com 623 gols marcados para o Azulão. Os dois clubes já empataram 162 vezes. O CSA já ganhou o estadual 39 vezes, enquanto e o CRB levantou o caneco por 30 momentos.

A maior goleada que o CRB aplicou no seu rival foi de 6 X 0, no dia 1º de outubro de 1939. A partida ficou conhecida como o Jogo da Sofia, nome de uma cabra que pertencia a Arlindo, um dos destaques do Galo, no estadual daquele ano.

Já o melhor chocolate metido pelo CSA foi de 4 X 0, em 1952. A cena mais humilhante desta partida foi protagonizada por Oscarzinho, quando depois de receber a bola de Dida, ao invés de chutar para o gol vazio, ele preferiu sentar na pelota, em cima da linha do gol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *